O que é uma Fintech

0 191

Confira a seguir o que é uma Fintech.

Fintech significa na teoria, tecnologia financeira, devido a junção dos dois termos: financial (financeiro) e technology (tecnologia).

Entretanto, o significado vai muito além do que tecnologia financeira. Esse termo se tornou referência quando falamos em praticidade e bancos sem burocracia.

O termo fintech é usado atualmente, para citar e nomear empresas que fazem parte desse ramo. Um exemplo são os famosos bancos digitais, onde 100% dos processos são realizados através de um smartphone ou computador.

Porém existem plataformas online, com serviços de investimentos e empréstimos que também podem ser consideradas fintechs.

Diferente das Startups, as Fintechs são mais estruturadas e consolidadas no mercado.

Fintechs no Brasil

Esse tipo de empresa, surgiu devido a crise econômica de 2008 que afetou todo o mundo.

Devido a crise, muitas empresas consideradas sólidas e tradicionais acabaram, então as fintechs surgiram como uma inovação, trazendo estabilidade e praticidade a população afetada pela crise.

No início, foi tudo muito difícil. As taxas ainda eram muito altas e as fintechs não eram acessíveis a todos. Após um tempo, as empresas foram se moldando em conjunto com a tecnologia que não parava de crescer e consequentemente, a democratização foi aumentando.

Atualmente, a palavra democratização se tornou base e objetivo de muitas empresas, tanto recentes como as mais consolidadas.

Em relação aos anos, a maioria das empresas surgiram em 2010, dois anos após a crise, mas foi apenas em 2014 que as fintechs começaram a ganhar força no mercado financeiro.

Quais são as vantagens das Fintechs

Sabemos como as fintechs surgiram e qual o propósito, mas quais são as vantagens de optar por essas empresas e não pelas empresas tradicionais do mercado? Vamos responder essa pergunta a seguir.

Com certeza, a principal vantagem das fintechs em relação aos outros bancos é a praticidade. Essas empresas deixaram tudo mais fácil e prático, onde os consumidores podem fazer todos os processos necessário apenas com um toque no celular.

Essa vantagem trouxe além de praticidade, independência aos consumidores.

Outro fator importante e que deve ser ressaltado é relação aos custos reduzidos ou até inexistentes dependendo da empresa.

As Fintechs são seguras?

Confira a seguir se as fintechs que chegaram para revolucionar o mercado financeiro são realmente seguras como os bancos tradicionais.

É possível afirmar que uma fintech que está em regularidade com todos os órgãos vigentes, é tão segura quanto os bancos tradicionais.

O Banco Central é o responsável por fiscalizar e monitorar as fintechs no Brasil.

Quer saber se a fintech que conheceu é realmente segura? Então faça uma consulta no banco de dados do Banco Central e descubra.

Principais Fintechs atuantes no Brasil

Confira a seguir algumas das principais fintechs atuantes no país.

Nubank

O Nubank foi fundado em 2013 por três sócios e desde o começo não parou de inovar com seus produtos e serviços e foi considerado um dos pioneiro no mercado de produtos e serviços financeiros.

A fintech atua na área de serviços digitais e é conhecido por muitos como uma conta de pagamentos. Possui cartão de débito e crédito sem taxas de manutenção ou anuidade e um aplicativo interativo e muito simples que agrada a todos.

Neon

O Neon, atua no mercado de serviços digitais e funciona como uma conta de pagamentos, assim como o Nubank.

A plataforma foi criada em 2016 em parceria com o Banco Votorantim. A fintech

oferece atualmente, cartões de débito, pré-pago e crédito sem anuidade..

PagSeguro

Outro serviço que está no mercado a um tempo e vem crescendo a cada dia é o PagSeguro. Fundado em 2006, é considerado atualmente, um dos meios de pagamento mais conhecidos do Brasil.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.